quarta-feira, 17 de abril de 2024

Finisterra [T01E15] - De Volta as Escava√ß√Ķes

Relato da campanha Finisterra T01E15 [29/10] ūüďĚ

Personagens: Costela [An√£o], Briza [Guerreiro], Leandrinha [Pequenina], Pela Pau [Ladr√£o], Resenha [Guerreiro]
Na fic√ß√£o: 25 da Mora, quarto m√™s do ano e primeiro do ver√£o

Imagem gerada por IA

De Volta as Escava√ß√Ķes

O grupo de aventureiros toma o habitual ch√° de flores fornecido pelo xam√£ da vila que dessa vez os concede a habilidade tempor√°ria de falar com animais. √Č decidido que a incurs√£o partir√° para a Escava√ß√£o An√£ da Passagem que fica nas montanhas j√° pr√≥ximo √† praia.

A trupe saiu pelo oeste da vila em direção ao milharal. Após atravessar a ponte e caminhar um tempo pela estrada ele viraram para o norte, cruzando o milharam em direção as montanhas. Já chegando no sopé de uma das montanhas, o grupo foi abordado por um bandido Amargo. Ele indagou o grupo o que estavam fazendo nas suas terras. Após uns minutos de conversa eu ofereci a ele a cimitarra que ganhei de presente do ferreiro anão da minha cidade natal. Ele aceitou o presente e nos deixou passar.

Imagem gerada por IA

Ap√≥s mais seis horas de caminhada avistamos a praia. Ladeando as montanhas ap√≥s percorrer mais alguns quil√īmetros o grupo chegou ao port√£o da escava√ß√£o. Em an√Ęnico estava escrito “Escava√ß√£o da Passagem”. O grupo decidiu realizar um descanso encostados no pared√£o. O descanso ocorreu tranquilo e durante √† noite, ap√≥s o descanso, o grupo entrou na escava√ß√£o.

A passagem era bem escavada e constru√≠da. Orientados por Leandrinha, o grupo dirigiu-se a uma √°rea da passagem que n√£o ainda n√£o havia sido explorada. Nos corredores sinuosos do t√ļnel o grupo se deparou uma cena bizarra. Uma revoada de criaturas aladas do tamanho de morcegos cruzou a passagem a frente deles carregando um corpo humanoide. O grupo decidiu explorar o local de onde os p√°ssaros malditos vieram. Chegando l√°, viram um grande sal√£o com um amontoado de corpos. Ap√≥s darem alguns passos no sal√£o, algumas criaturas humanoides saltaram das trevas e vierem em dire√ß√£o ao grupo. Um combate teve in√≠cio e ap√≥s o uso de frascos de √≥leo, tiro de flechas e golpes corajosos, o grupo conseguiu derrotar as criaturas que pareciam ser desmortos.

Após alguns ferimentos leves e um companheiro temporariamente paralizado, o grupo decidiu investigar o salão. Para à alegria dos exploradores, eles encontraram um paredão com 30 pepitas de ouro fincadas nele. Rapidamente, eu (Costela) e a Lendrinha, pegamos nossas ferramentas e começamos a minerar as pepitas. Passado uma hora conseguimos retirar todo o ouro. Colocamos o fruto do saque na mula e regressamos para fora da escavação,

O retorno para a vila dos Biltres ocorreu sem altera√ß√Ķes apesar de, em dado momento, n√≥s termos ficado um certo tempo perdidos, pr√≥ximos as montanhas, contudo logo achamos o caminho. Tamb√©m levamos conosco o cad√°ver de uma das criaturas que nos atacaram. Na vila liquidamos o tesouro (2700 PO) e nos dermos por satisfeitos. A incurs√£o foi um sucesso e planejamos para retornar a passagem no futuro para limp√°-la e, se poss√≠vel, transform√°-la num posto avan√ßado dos Biltres.

Brand√£o Ossos-Curtos (Costela)

• • •

Finisterra √© uma campanha de Hexcrawl que utiliza o sistema Caves & Hexes, inspirado no B/X de 1981. A campanha acontece nos estilo de Mesa Aberta (ou West Marches), o que significa que diversos grupos jogam no mesmo cen√°rio compartilhado, as sess√Ķes acontecem via chamada e aqueles que puderem participar no dia formam um time e saem para explora√ß√£o.

➥ Venha jogar! ūüĒó Notion - Finisterra

• • •

Se você leu até aqui peço que deixe um comentário ali embaixo falando se gostou ou desgostou ou se tem alguma sugestão, muito obrigado =)

• • •

Se voc√™ usa twitter me segue l√° pra gente trocar uma ideia sobre RPG! ūüĒó twitter.com/icaroagostino 

Nenhum coment√°rio:

Postar um coment√°rio