sábado, 6 de julho de 2024

Finisterra [T02E20] - O Druida da Floresta Azul

Relato da campanha Finisterra T02E20 [30/03] 📝

Personagens: Sardinha [Guerreiro], Adrianinho [Elfo] e Glaus [Elfo].
Na ficção: 20 da Prata, último mês do ano e do inverno.

Imagem gerada por IA

O Druida da Floresta Azul

Dispostos a nos aventurar, conversamos com o velho Praxedes para oferecer nossas armas. O ancião nos incumbiu, então, da missão de contatar seu antigo mestre, um druida que vive recluso na floresta azul. Segundo Praxedes, ele poderia conseguir mais flores rubras para a feitura do chá milagroso que protege contra as brumas. Praxedes nos entregou um pingente com o símbolo da religião da Lua, como prova da veracidade da nossa missão. Saímos da Vila dos Biltres com nossas mulas em uma manhã gelada, mas sem neve.

No caminho para a floresta azul, percebemos que éramos seguidos por um grupo de insetos grandes como ratos e rajados como abelhas. Evitamos o conflito atirando uma tocha no chão e seguindo a direção contrária. Nosso ardil funcionou e despistamos os insetos malignos.

Chegando na Floresta, Adrianinho (que havia tomado das ultimas doses do chá, e por isso era capaz de conversar com os animais) chamou por um pássaro amigável que ele conhecia. O pássaro, tão azul quanto o resto da floresta, parecia ter uma capacidade mágica de se teleportar de um lugar a outro. Ele nos contou que o Druida mora no interior da floresta, mas detesta receber visitas.

Seguimos floresta adentro, marcando as árvores no caminho. Seguimos a direção que Adrianinho apontou, após subir uma árvore e avistar a clareira no meio da floresta. Antes de chegarmos, no entanto, fomos atacados por um grupo de quatro feras, semelhantes a lobos de pelagem preta, que magicamente se teleportavam. Eles nos atacaram e por pouco não ceifaram a vida do estagiário Germano. Conseguimos derrubar dois com magias de sono e matar um terceiro com nossas espadas. O quarto fugiu e desapareceu ao perceber que não éramos presa fácil.

Chegamos então à clareira e avistamos uma pequena colina de pedras e uma entrada de caverna. Deixamos as mulas na entrada e adentramos a pequena gruta. Seguindo pela caverna, chapinhando por um espelho d'água, atingimos uma salão amplo, com apenas uma pedra em seu centro. Adrianinho se aproximou da pedra e inadvertidamente acionou uma runa mágica que pôs pra dormir nossos contratados e os cães que nos acompanhavam. Foi nesse momento que o Druida apareceu e lançou outra magia de sono, derrubando os elfos Adrianinho e Gauss. Atordoado, mas ainda consciente, permaneci de pé e revelei a natureza de nossa missão. Entreguei o pingente do Praxedes e o Druida me guiou para o interior da caverna. Ele ofereceu um saco cheio de flores rubras para o chá das brumas, mas fez um pedido: que livrássemos a floresta azul dos espectros malignos que a assombram. Dei minha palavra de que retornaria para enfrentar as criaturas um dia e o Druida permitiu que nosso grupo descansasse em sua caverna.

Ao amanhecer descobrimos que nossas mulas haviam sido atacadas, provavelmente pelas abelhas monstruosas da região. Elas estavam muito machucadas, mas vivas. Levamos elas de volta pela floresta, sem maiores confusões. Ao chegar nos limites da região, avistamos um unicórnio, pastando no campo. Adrianinho, invisível, se aproximou e falou com o animal. Foi informado de que há um grande covil de insetos na floresta, além dos espectros. Porém nenhum outro morador humanoide além do Druida. Outro unicórnio se aproximou e os dois então se despediram, e desapareceram no ar. Encantados com a rara visão, partimos de volta para a Vila dos Biltres e chegamos, todos vivos, com novas informações e um estoque renovado de flores vermelhas.

Sardinha, da Vila dos Biltres.

• • •

Finisterra Ã© uma campanha de Hexcrawl que utiliza o sistema Caves & Hexes, inspirado no B/X de 1981. A campanha acontece nos estilo de Mesa Aberta (ou West Marches), o que significa que diversos grupos jogam no mesmo cenário compartilhado, as sessões acontecem via chamada e aqueles que puderem participar no dia formam um time e saem para exploração.

➥ Venha jogar! ðŸ”— Notion - Finisterra

• • •

Se você leu até aqui peço que deixe um comentário ali embaixo falando se gostou ou desgostou ou se tem alguma sugestão, muito obrigado =)

• • •

Se você usa twitter me segue lá pra gente trocar uma ideia sobre RPG! ðŸ”— twitter.com/icaroagostino 

Nenhum comentário:

Postar um comentário